História dos enchidos

História dos enchidos


Nas Beiras e em todo Interior de Portugal, o porco sempre teve um peso muito importante na economia das populações locais, onde quase todas as famílias criavam o seu porco para seu sustento.

Os porcos eram abatidos no chamado “dia de matança”, dia de festa este em que se reunia toda a família e principais amigos. Logo nesse dia se iniciava o consumo do mesmo, e se dava inicio á preparação de algumas carnes, do sangue e das tripas, para o fabrico dos enchidos que depois haviam de dar para o resto do ano. Enquanto os homens da Casa eram responsáveis pela desmancha do porco e da salga dos presuntos, as mulheres mais antigas preparavam a carne e condimentos para manualmente prepararem os chouriços, salpicões, morcelas, farinheiras … e transmitiam seus segredos às novas gerações da família.

A nossa família oriunda da Beira Baixa, sempre fez parte deste grupo de pessoas, guardando as melhores receitas de geração em geração para os excelentes produtos que hoje apresentamos.